SOCIALTRIZ_ecommerce-ar

Agora que você já fez aquele planejamento ao melhor estilo La Casa De Papel (clique aqui para ler), agora que já colocou em prática a construção da sua casa/e-Commerce (para ler sobre esse tema, clique aqui) e, mais que isso, está usando ou usou as estratégias de comunicação feitas pelo festival Rock In Rio para o seu negócio (clique aqui para ler), parece que tudo anda perfeitamente e não há mais nada a fazer, certo?!

ERRADO.

Há muita coisa que precisa ser feita depois que sua loja online está no ar. Você precisa gerir sua empresa, fazer a roda girar e obter lucro! Divulgações constantes, ofertas, diferenciação da concorrência e resolver a dor do cliente são apenas alguns dos itens fundamentais para seu sucesso.

Por isso, nós da Socialtriz, não queremos que você perca o seu investimento. Preparamos várias dicas para deixar o seu empreendimento virtual sempre em alta!

CAMPANHA DE LANÇAMENTO

Depois do longo processo de desenvolvimento, agora você irá partir para as vendas e para o lançamento da loja virtual.

Nesta etapa, você tem duas opções: fazer uma divulgação da sua loja ou simplesmente “ficar quieto”.

Analisando o cenário, você deu um duro danado para deixar sua loja perfeita, então, não contar para ninguém que ela existe não faz muito sentido.

Sendo assim, o nosso famoso planejamento nunca acabará. Precisamos pensar como será feita a divulgação.

Inicialmente, você pode trabalhar com duas frentes de divulgação: uma para sua loja em si, pautando o institucional e posicionamento de marca, e a outra do ponto de vista comercial, visando a venda de determinado produto.

Por ser uma loja desconhecida, muitas vezes será necessário gerar autoridade no mercado para que os clientes possam confiar e comprar de você. Em contrapartida, você não pode focar apenas no Branding e, por isso, deve aliar estratégias comerciais focadas em vendas.

Ache o meio termo, mostre como sua empresa solucionará um problema do seu cliente, afinal, isso será o termômetro para suas vendas. Sem solucionar um problema do seu comprador, dificilmente ele comprará em seu site.

Mescle os canais de divulgação. Não existe apenas o marketing online, use e abuse do offline também. E então, como divulgar?

  • Banner de destaque no e-Commerce: sim, queremos que este produto seja destaque e que ele seja consumido pelo público; Você pode também usar banners que direcionem para páginas institucionais, fazendo com que as pessoas possam conhecer seu site e confiar em seus serviços.
  • E-mail Marketing: sabe aquelas pessoas que sempre compram com você? Vamos fazer relacionamento com elas! Envie um e-mail avisando sobre o lançamento e o melhor, que estão recebendo esta notícia em primeira mão. Se programe e mande este conteúdo dias antes de lançar o produto no mercado;

 

  • Blog: No momento de lançamento, não fale que o seu produto deve ser comprado porque é o melhor, isso todo mundo fala. Crie valor agregado para a sua marca, mostre os benefícios e os modos de usar, ou seja, ofereça conteúdo relevante;
  • Mídias Sociais: Nas mídias sociais, busque sempre interagir com seus seguidores. Produza conteúdos relevantes em diferentes formatos, vídeos, fotos, GIF, entre outros. Lembre-se: o seu cliente não consegue palpar o produto, então, quanto mais conteúdo visual, melhor ainda!

 

  • Parceria: Por que não fazer parceria com aquele influencer famoso que possui uma personalidade que tem tudo a ver com a sua marca? Por que não se, eventualmente, os seguidores dele são exatamente o público-alvo do seu produto? É uma das maneiras (de muitas!) do seu lançamento ganhar ainda mais visibilidade.

 

  • Brinde: Aqui, é para aquelas marcas que gostam de surpreender. O seu produto, pode ser entregue em pequenas amostras? Para que a pessoa possa testar, usar e ainda por cima, verificar de verdade que é realmente tudo aquilo que você está divulgando na campanha de lançamento? Mas, tem um detalhe, a nossa sócia-diretora Aline Patini sempre fala que “tudo que é explicado tem valor”. Então, explique o porquê você está oferecendo aquela amostra e para que ela serve.

 

  • Tráfego Pago: Aqui é um item muito importante que, se bem usado, traz muito resultado. E isso depende muito de um item: público-alvo: Você precisa saber muito bem para quem está vendendo. E não vem com essa que são homens, de 30 a 40 anos, classe B, entre outros, isso não funciona! As pessoas são feitas de sentimentos, desejos, sonhos, problemas.

Outra coisa, tenha um objetivo. Qual é o objetivo do seu tráfego pago? É alcance, você quer muitas pessoas conhecendo o seu produto? É cliques, você quer muitas pessoas clicando na página do produto de lançamento? Defina bem o seu objetivo e desenvolva os seus conteúdos baseados no seu objetivo.

SOCIALTRIZ_imersao

ANALISAR A EXPERIÊNCIA DO USUÁRIO

Um dos grandes erros é acreditar que o seu e-Commerce durará para sempre e nunca precisará de modificações, já que o seu planejamento foi pensado em cada detalhe.

Sim, o seu planejamento pode ter sido incrível, mas para o momento que foi projetado. O mercado muda o tempo tempo. Por isso, fique atento às tendências no meio online. Mais que isso, fique atento aos dados que seu próprio e-commerce te fornece.

Deve estar se perguntando, mas como vejo isso? Como interpreto isso?

Existem várias ferramentas de Web Analytics disponíveis no mercado e uma das mais conhecidas é o Google Analytics.

Após configurar corretamente o Google Analytics, à medida que os usuários vão acessando seu site, a ferramenta vai gerando diversos dados e insights que você pode e deve analisar.

Alerta: Ferramentas de análise de dados têm a capacidade de gerar muitos números, gráficos, enfim, uma série de informações que, quando não gerenciadas com cuidado, podem te confundir em vez de ajudar.

Uma boa análise de dados deve ser feita e você pode começar coletando as métricas SMART. As métricas SMART são simples, mensuráveis, atingíveis e facilitam sua análise.

Entenda seu modelo de negócios. Se você vende, analise vendas e todo o fluxo deste processo. Depois, analise de onde os clientes estão vindo, quais páginas estão acessando, de onde estão saindo, entre outros.

O ideal é você listar as métricas que você está buscando e definir sua análise em cima delas.

Se você vende apenas no Brasil, faz mais sentido você analisar quantas vendas você está perdendo ou quantos usuários dos EUA estão no site?

Não se afunde em métricas que não agregam em seu negócio.

Outra métrica que muita gente leva em conta são os Pageviews – visualizações de página. É comum ver gestores felizes por terem muitos acessos enquanto as vendas não decolam.

Fica a questão sobre o que de fato vale a pena: ter muitos acessos ou ter vendas? Se os seus acessos não se transformam em vendas, tem algo errado!

SOCIALTRIZ_ebook (1)

CONTEÚDO RELEVANTE

Se tem um erro que muitos lojistas cometem é acreditar que, apenas criando um e-commerce, os produtos serão vendidos sozinho.

Quando os clientes vão até uma loja física, eles têm acesso aos produtos, pegam, sentem cheiros, vivem uma experiência, são atendidos por vendedores, entre outros.

Já no mundo online, o processo é diferente. Ele não toca o produto mas tem acesso a uma imagem ou vídeo, à descrição do produto, à informações complementares e, nesta etapa, seu objetivo é fazer com que seu e-Commerce venda por si só!

Um dos pontos fundamentais para ajudar seu cliente é criar conteúdo relevante.

Mas o que é exatamente um conteúdo relevante? É você ir além de “meu produto é mais bonito, então me compra”, e pensar: “Por que ele é útil para sociedade?” “Que sentimentos levará para quem consumir: é felicidade, alívio, realização pessoal?” e mais que isso, “Que problemas o meu produto resolve?”.

Baseado nestas perguntas e indo além, você produzirá vídeos, textos, fotos, depoimentos, entre outros, mostrando que o seu produto não é somente uma matéria-prima, mas também proporciona emoções. Tendo em mente que as pessoas compram mais pela emoção do que pela razão, você entenderá do que se trata esse tópico.

SOCIALTRIZ_whatsapp

ESTOQUE PARADO

Ninguém gosta de ter um estoque parado e então, a primeira solução que vem à mente é dar um grande desconto e “queimar” tudo, não é mesmo?

Mas sabia que você não precisa ficar refém do mercado, sempre utilizando as mesmas estratégias? Se aquele produto não está vendendo, avalie o que você tem produzido de conteúdo.

Será que aquelas fotos já estão antigas e ninguém aguenta mais ver? Você pode contratar, se for o caso, várias modelos diferentes, com estilos diferentes, dando assim uma cara nova para o produto. Além disso, dê dicas de como usar, mostre isso, crie tutoriais.

Outra estratégia é colocá-los à venda com outro produto, criando então um “Compre Junto”. Isso faz com que um produto alavanque a venda de outro.

Lembra do primeiro tópico? A campanha de lançamento não serve apenas para produtos novos, pode ser também para aquele produto parado, já que ele não recebeu nenhuma divulgação.

Um ponto importante é a transparência com o consumidor. Jamais faça uma divulgação falando que este produto é um lançamento, isso trará um problema para sua empresa, afinal, ele não é novidade em sua loja e em muitas vezes, não é novo no mercado.

Gostou desses conteúdos? Então, não deixe de nos acompanhar, estamos sempre postando diversos artigos sobre temas que englobam marketing, comércio eletrônico, inovação, internet, entre outros.

Compartilhe Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on Pinterest
Tags: , , , , , , , , , ,